5 Cursos que podem mudar a sua vida profissional

Ligue já 910 932 815

5 Cursos que podem mudar a sua vida profissional

Para ter um bom currículo basta ser bom tecnicamente?

Sabia que 62% dos empregadores valorizam as competências técnicas no seu atual ou futuro colaborador, competências por norma que se obtêm pela formação académica e experiência profissional, mas esperam encontrar as outras competências no seu colaborador.

Skills como competências técnicas, apetência para trabalhar em equipa e conhecimentos de idiomas parecem apresentar alguma tendência de maior procura do que oferta no mercado.

in Guia do Mercado Laboral 2016 - Hays

 

 

Para ter um bom currículo basta ser bom tecnicamente?

Como vimos o empregador valoriza as características pessoais tão ou mais do que as competências técnicas do seu colaborador. As competências pessoais, também denominadas de soft skills, nem todas as pessoas nascem com elas, mas a boa notícia é que podem ser desenvolvidas, a formação é uma solução para o seu desenvolvimento.

 

Para ter um bom currículo é importante saber quais são os cursos que os recrutadores gostam de ver nos perfis dos candidatos. A aposta num ou mais cursos irá melhorar o seu índice de empregabilidade.

 

 

Línguas estrangeiras

A crescente internacionalização é uma consequência natural da globalização e as empresas não são exceção, como tal espera-se que os seus colaboradores mantenham contacto com clientes, fornecedores ou parceiros de negócio de outros países. Assim, mesmo que não pense em emigrar, o domínio de pelo menos uma língua estrangeira é essencial, 93% dos empregadores realçam a Língua Inglesa, para qualquer candidato a emprego nos nossos dias.

Caso já tenha conhecimentos de alguma língua, opte pelo seu aperfeiçoamento. Ou inicie formação numa segunda língua estrangeira. Pode optar por um curso mais genérico ou a formação da língua adaptada ao atendimento, relações laborais, hotelaria e turismo ou no domínio da documentação comercial.

 

Informática

Paralelamente aos conhecimentos linguísticos estão os conhecimentos informáticos fundamentais no mundo laboral nos dias de hoje, o mínimo de conhecimentos informáticos é requisito obrigatório. Nunca trabalhou com um computador, então está na hora de apostar na aquisição de novos conhecimentos, por exemplo num curso de processamento de texto ou de folhas de cálculo, para manter o seu currículo atrativo num mercado de trabalho tão competitivo.

Com a crescente aposta das empresas nas redes sociais a procura de profissionais com conhecimentos nestas áreas naturalmente aumentou, por isso, não é descabido investir em formação nas áreas de Marketing Digital, SEO, Linkedin, por exemplo.

 

Técnicas de vendas

Se está à procura de trabalho, está certamente atento ao aumento das ofertas no setor das telecomunicações, em especial para cal centers, comerciais ou vendas porta a porta. Se nunca viu em si um comercial e se não sabe como conquistar um cliente para ter sucesso nesta área, aposte num curso de técnicas de vendas, atendimento ao público ou negociação.

 

Desenvolvimento pessoal

As competências técnicas são fundamentais para vingar no mercado de trabalho, contudo os recrutadores cada vez mais estão atentos às qualidades pessoais do candidato que são fundamentais para abrir portas e ajudar a ter sucesso entre os seus pares: as “soft skills”.

Para que o seu currículo seja atrativo a este nível, aposte no desenvolvimento pessoal com cursos nas áreas de comunicação, inteligência emocional, gestão de tempo ou gestão de conflitos.

 

Liderança | Coaching

A liderança emerge da ação, enquanto capacidade de agregar, de acreditar e mudar. Se ocupa ou quer ocupar funções de liderança na empresa pense em aprimorar conhecimentos, por exemplo através de programas individuais de formação em executive Coaching.

Nem todas as pessoas nascem líderes, mas a boa notícia é que pode desenvolver as suas competências de liderança. Ao frequentar formação nas áreas de técnicas de coaching e liderança, que têm sido muito valorizadas pelos recrutadores, aprenderá as técnicas para coordenar, dinamizar e motivar.

 

Já verificou no seu perfil profissional e pessoal se tem estas competências evidenciadas?

Se não é o seu caso, aposte no desenvolvimento das suas competências através de formação e melhore o seu índice de empregabilidade.

 

Nuno da Cunha Ferreira

Responsável de Formação da ALENTO

Se quer dar um novo rumo à sua empresa ou carreira fale connosco hoje mesmo!

Formulário de contacto